Em que Creem os que não Creem: o sagrado em José Saramago

R$58,00

O autor escava a trajetória pessoal e escrita de Saramago e faz saltar daí, com competência despojada de academicismos, um evidenciamento do “ateísmo ético” (revigorando Spinoza) que impregna as palavras e práticas do militante (isso mesmo) cidadão português.

Em momento algum este estudo considera que Saramago desrespeita as pessoas em sua religiosidade ou ações coletivas de religião; não se encontrará (ainda bem!) uma recriminação de qualquer natureza à aparente contradição saramaguiana, dado que a intenção maior é mostrar (e o fez) que não é uma contradição, nem de natureza lógica e nem de natureza política.