Eusébio e Constantino: o início de uma Igreja imperialista

R$51,00

ISBN 978-85-66480-69-6

256 p.

Eusébio e Constantino não pretende ser uma versão verdadeira e definitiva da história sobre o início das relações de poder entre a Igreja e o Império. Antes, seu Objetivo é bem menos pretensioso. Corresponde a uma forma de exemplificar o modo como a história do cristianismo foi e vem sendo escrita desde o século IV. Não há verdade em História!  Mas, é também uma obra que apresenta a maneira como as relações de poder entre um bispo e um imperador são capazes de transformar um cenário, dando novos rumos à história e fazendo com que um movimento censurado e criminoso se torne, passo a passo, através de um processo de longa duração, a instituição mais poderosa do Ocidente Medieval. Os protagonistas da obra que você tem em mãos serão elementos determinantes neste processo e, mais uma vez, graças à longa duração e à liberdade que o historiador tem de problematizar a História que nos foi contada, Eusébio e Constantino ainda se mostram presente nas instituições e nas relações político-eclesiásticas do nosso tempo.