LGBTQIA + NA BÍBLIA

R$41,90

<<>>
O tema da homossexualidade no cristianismo contemporâneo é comumente associado ao estudo do assunto à luz da Bíblia. A presente obra, no entanto, realça o relacionamento direto do ser-humano LGBTQIA+ com Jesus Cristo, e pontua, através da análise cristocêntrica das Escrituras Sagradas, os motivos relevantes para o acolhimento incondicional das pessoas que fazem parte da sigla.

Assuntos sensíveis, como a bissexualidade, a não-binariedade e a transexualidade são abordados em capítulos próprios em razão de sua especificidade, tudo com a finalidade de não deixar ninguém de fora do alcance do presente exemplar. Aborda-se, também, com profundidade, temas considerados tabu pela igreja (não por Cristo!), tais como masturbação, poliamor, sexo antes do casamento e homossexualidade no Reino Animal.

A linguagem utilizada é objetiva e acessível a todos os leitores, de forma que tanto líderes de igreja quanto membros, e até mesmo não-cristãos, poderão valer-se do material contido neste livro para agregar conhecimento. As referências a obras de grandes nomes da teologia, como Joachim Jeremias e Bart Ehrman, são frequentes e os trechos estão disponíveis em notas de rodapé sempre que possível para aprofundamento do estudo.

<<>>
Rafael Montebranco é bacharel em Direito, pastor, teólogo livre, escritor, compositor e fundador do AVIVAR Ministério Inclusivo, presente tanto no Brasil quanto no Canadá. Ativista pró-teologia progressista, envolveu-se ativamente na propagação daquele a quem chama de Jesus Verdadeiro desde 2011. Natural de Manaus/AM, onde atuou no Conselho de duas igrejas inclusivas antes de fundar o AVIVAR-MI, foi através dele que atraiu a atenção da mídia nacional, com matérias publicadas a seu respeito no G1 e Uol News. Foi o primeiro sacerdote a celebrar e conceder a benção pastoral a casamentos homoafetivos da região Norte do Brasil. Idealizador do ministério evangelístico Drag Gospel e pró-feminismo, ordenou a primeira pastora lésbica do Norte brasileiro. Reside atualmente no Canadá, lugar onde implantou nova sede de seu ministério.