Sábado: a mensagem de Mateus e a contribuição judaica

R$47,00

Este livro aborda o evangelho de Mateus como integrante do espectro dos diversos movimentos judaicos que compunham o mosaico do judaísmo do primeiro século. Com esta perspectiva, enfoca o posicionamento do evangelho de Mateus acerca de um tema que era decisivo para qualquer movimento que fizesse parte do judaísmo: a guarda do sábado. Entenderemos que Mateus não apenas responde a questão sobre o que era lícito fazer aos sábados, como também apresenta uma proposta radical do cumprimento do sábado. A comunidade, que se entende como continuadora do movimento de Jesus, anuncia através das perícopes de Mt 12:1-14, que esta radicalidade levou o próprio Jesus à morte.

Neste trabalho, verificamos esta hipótese relacionando-a com o debate dos diversos movimentos deste período de quatro séculos que marca a pluralidade do judaísmo e, de modo especial, com o judaísmo formativo.