Teologia da Libertação Morreu, A? reino de Deus e espiritualidade hoje

R$35,00

Propor uma igreja solidária e, por isso, profética, é propor uma comunidade que, fiel aos ideias do reino de Deus, possa através de sua prática, relativizar além dos valores dos outros e os seus próprios. Relativizar as certezas que geram arrogância, diferenças, racismos, segregações; os dualismos/individualismos que geram desencontros e desconhecimentos. Relativizar a noção de corporeidade e desejo visto que somos humanos porque desejamos e corporificamos nossos desejos. É propor uma comunidade que “reme contra a maré” do nosso tempo, que são marés extremamente poderosas por nascerem nas águas longínquas do Iluminismo. Essas são as prerrogativas da igreja profética e solidária que pode emergir como contracultura, como fomentadora de valores esquecidos e vilipendiados pela cultura desumana vigente.

Promover a relativização da fé não quer significar desmistificá-la, roubar-lhe sua áurea mística, mas tão somente demonstrar seu conteúdo existencial de certezas e incertezas. A fé não pode ser puramente certeza, pois a certeza incondicional anula a esperança e fé e esperança estão intimamente relacionadas.