Uma Igreja sem Voz: a análise de gênero da violência doméstica entre mulheres evangélicas

R$44,00

Após décadas de pesquisa, denúncias e avanços na legislação sobre violência contra a mulher, o problema parece tornar-se mais grave do que se imagina. Em nossas sociedades modernas, democráticas e liberalmente igualitárias, muitas mulheres ainda são vítimas de violência familiar por parte de indivíduos e instituições sociais que encobrem, perpetuam ou perdoam o agressor.

A autora analisa, eloquentemente, esse problema num grupo religioso específico, talvez inesperado para muitos desatentos: mulheres evangélicas! Para detectar e estudar as dores das agredidas foi necessário escutá-las fora do espaço do “amor” religioso e familiar que as silenciava.

Texto de proveito para quem pensa ser a família cristã um pedaço do paraíso.